Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Divisão de Operações

a) Seção Administrativa
    • coordenar os assuntos administrativos relativos ao pessoal da Div Op.
b) Seção de Defesa Externa:
    • participar do planejamento das operações de adestramento conjunto elaboradas com base em Hipótese de Emprego (HE), a cargo do Ministério da Defesa (MD);
   • coordenar a participação dos Órgãos e Comandos previstos nas operações de adestramento conjunto elaboradas com base em Hipótese de Emprego (HE), a cargo do Ministério da Defesa;
    • integrar a Direção de Exercício (Dir Exc) nas Operações de Adestramento Conjunto, respondendo pela Dir Exc Setorial da Força Terrestre Componente;
    • participar do planejamento das operações conjuntas em faixa de fronteira, conduzidas pelo MD;
    • coordenar a participação dos C Mil A, ODS e Comandos vinculados nas operações conjuntas em faixa de fronteira, conduzidas pelo MD;
    • acompanhar a execução das operações singulares em faixa de fronteira, a cargo dos C Mil A;
    • elaborar as Diretrizes de Planejamento para as Operações Militares (DPOM) de Defesa Externa;
    • elaborar as Diretrizes de Operações de Adestramento Conjunto e, quando julgado necessário, complementar as Instruções e Diretrizes expedidas pelo MD;
    • organizar e aplicar Estágios de Adestramento de Operações Conjuntas;
    • participar da elaboração dos Planejamentos Estratégicos com base em Hipótese de Emprego (HE), a cargo do Ministério da Defesa; e
    • participar da elaboração do Planejamento Operacional com base em Hipótese de Emprego (HE), a cargo do Ministério da Defesa.
c) Seção de Proteção Integrada (SPI):
    • assessorar o 2º S Ch quanto ao emprego da F Ter na proteção integrada,  nota-damente nas operações que envolvam:
(a) a Garantia dos Poderes Constitucionais;
(b) a Garantia da Lei e da Ordem (GLO);
(c) a Proteção de Estruturas Estratégicas; e
(d) a Prevenção e Combate ao Terrorismo.
    • manter atualizada e disponível para consulta, na página eletrônica do COTER na rede mundial de computadores, a legislação sobre o emprego da F Ter em Op GLO;
    • coordenar o emprego de tropas da Força de Atuação Estratégica (FAE) na segurança integrada;
    • elaborar DPOM de emprego de tropa em operações relacionadas à Proteção Integrada, exceto às relacionadas às ações na faixa de fronteira; e
    • participar da elaboração do Planejamento Estratégico HE “G”.

d) Seção de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear:
    • assessorar e participar dos planejamentos estratégicos, operacionais e táticos conjuntos do MD quando houver o emprego de DQBRN nas hipóteses de emprego reais;
    • assessorar e participar dos Exercícios de Adestramento Conjuntos do MD;
    • atuar como Órgão Central do Sistema de Defesa Química, Bacteriológica Radiológica e Nuclear do Exército (SisDQBRNEx) por meio de assessorias especializadas de DQBRN, na condução do emprego das OM DQBRN e das Forças de Reação (FR), quando ativadas;
    • assessorar o EME na proposição de requisitos operacionais e identificação de capacidades a serem incorporadas ao sistema;
   • definir as necessidades de informações e de comando e controle para o emprego das OM DQBRN e das FR, quando ativadas, operando uma central de coordenação e integração, com capacidade de gerenciamento de informações e monitoramento remoto de sensores QBRN empregados por essas forças;
    • estabelecer, em todos os níveis, os procedimentos de segurança orgânica para a proteção QBRN;
    • receber dos C Mil A (com jurisdição sobre as OM DQBRN) e do COpEsp a Lista de Necessidades de Material Específico para a aquisição no Brasil e exterior e as necessidades de capacitação no Brasil e no exterior na área de DQBRN, a fim de consolidação e remessa ao EME;
    • estabelecer e manter atualizados os Planos de Resposta Centralizados às Ameaças QBRN, integrando e aprovando os Planos de Resposta recebidos dos C Mil A e da Bda Op Esp; e
    • propor ao EME, sempre que necessário, por iniciativa própria ou das OM com vinculação para o emprego em DQBRN, atualização do SisDQBRNEx.
e) Seção de Apoio e Logística:
    • planejar e controlar a aplicação dos recursos de Op Conjuntas; e
    • planejar e coordenar a aplicação dos recursos da Ação de Emprego da F Ter em Operações.

Fim do conteúdo da página