Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Participação de Militares Brasileiros na 24ª IAPTC

Auckland (NZL) - No período de 1º a 04 de outubro 2018,  militares do Exército, Marinha e Aeronáutica participaram da 24ª Conferência Anual da Associação Internacional de Centros de Operações de Paz (IAPTC - sigla em inglês), realizada em Auckland, Nova Zelândia.

Com o tema “Innovative Capacity Building For Effective Peace Operations”, a IAPTC foi organizada pela Força de Defesa da Nova Zelândia. Seus principais objetivos foram a difusão dos padrões de treinamento desenvolvidos pela ONU e outras organizações relevantes, com o incentivo ao emprego dos mesmos; a promoção do intercâmbio de experiências entre Centros de Operações de Paz no tocante às diferentes metodologias de formação; o debate sobre questões políticas de operações de paz; a criação de um ambiente propício ao trabalho realizado em cooperação; e a promoção da integração de gênero em operações de paz.

Além disto, a Conferência foi uma oportunidade de promover uma compreensão das diferentes perspectivas institucionais e culturas organizacionais presentes, entre componentes militares, policiais e civis. No total, mais de 50 países e cerca de 200 pessoas participaram do evento.

A delegação brasileira foi chefiada pelo General Vasconcellos, Chefe da Missão de Paz, Aviação e IGPM do COTER. Participaram ainda os seguintes militares: Cel Machado, Comandante do CCOPAB, Cel FAB Moura do MD,  Cel Charles Roberto do COTER,  Cel R/1 Rolland do EME e Maj FAB Kluppel do EMA.

O General de Divisão Carlos Alberto dos Santos Cruz, que foi Secretário Nacional de Segurança Pública e Force Commander no Haiti e na República Democrática do Congo, também participou do evento. Na ocasião, ele apresentou os resultados do "Cruz Report", relatório cuja confecção esteve sob sua coordenação e que tem por objetivo diminuir as baixas de capacetes azuis desdobrados em missões de paz.

O Coronel Machado representou a Associação Latino-americana dos Centros de Operações de Paz (ALCOPAZ), apresentando as lições aprendidas no Exercício Viking 2018. Trata-se de um exercício de simulação de Operação Multidimensional de Manutenção da Paz que foi realizado no último mês de abril, em Brasília. Desta atividade participaram oficiais estrangeiros oriundos de 19(dezenove) países diferentes, a maioria deles oriundos de membros da ALCOPAZ.

Fim do conteúdo da página