Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Centros de Instrução do Exército Brasileiro

Os Centros de Instrução são importantes instrumentos de preparação da Força Terrestre. Estão distribuídos, no território nacional, em cinco dos oito Comandos Militares de Área.

Essas Organizações Militares vêm contribuindo para atender as necessidades da Força no que tange à capacitação dos recursos humanos, à elaboração de doutrinas próprias e ao adestramento de pequenas frações, de pelotão, de subunidade e de unidade.

Recentemente, foram criados os Centros de Instrução de Operações de Paz, de Artilharia de Foguetes, de Engenharia de Construção, e de Garantia da Lei e da Ordem que se encontram em fase de implantação, com previsão de funcionamento pleno até janeiro de 2008.

O Comando de Operações Terrestres (COTER), Órgão de Direção Setorial, tem a responsabilidade de, por meio de suas subchefias, prestar apoio, orientar o preparo, e acompanhar e supervisionar as atividades da maioria desses Centros, particularmente aquelas voltadas para a elevação dos níveis de operacionalidade das Forças de Emprego Estratégico e Forças de Ação Rápida (FAR) e que tenham por objetivos a modernização, a padronização da instrução e o adestramento.

A seguir, serão apresentados, sucintamente, os Centros de Instrução existentes no Exército Brasileiro:

 

De uma maneira geral, os Centros acima mencionados estão vinculados ao COTER para efeito de planejamento, orientação, supervisão das atividades de instrução e adestramento e ao DEP para orientação técnico-pedagógica.

Dessa maneira, os Centros de Instrução contribuem para aumentar a capacidade operacional da Força e participam do desenvolvimento da liderança em combate, e do aprimoramento da instrução e da doutrina militar.

Fim do conteúdo da página